Hormônio FAN

Ir em baixo

Hormônio FAN

Mensagem por janaina iachinski em Seg Nov 17, 2014 10:22 am



Fator Natriurético Atrial – O que é?




Fator Natriurético Atrial – Em 1981, de Bold e cols, relataram um hormônio produzido nos miócitos atriais (células musculares do átrio), um peptídeo denominado de fator natriurético atrial (FNA), que seria liberado na corrente sangüínea quando o átrio fosse distendido e, por mecanismos vários, atuaria no nefron, promovendo a excreção de sal e água, diminuindo o volume do fluido extracelular e contribuindo para a manutenção da homeostase. Diferentes grupos de pesquisadores isolaram o FNA através de extratos atriais do homem e de outros animais e realizaram o seu seqüenciamento, demoninando-o de cardionatrina, cardiodilatina, atriopeptina, auriculina e finalmente fator natriurético atrial.

O FNA é um polipeptídeo formado nos miócitos atriais e armazenado em grânulos justanucleares, na forma de um pro-hormônio de 126 aminoácidos. A vida média desse hormônio uma vez lançado na circulação, e estimada em 4 minutos. Seu mecanismo de ação parece ser múltiplo, além dos efeitos natriurético (eliminação do sódio pelos rins) e diurético, este peptídeo inibe a vasoconstrição induzida pela angiotensina II e noradrenalina e reduz a secreção de renina e aldosterona. Estimula o acúmulo de guanosina-monofosfato cíclica e aumenta atividade da guanilato-ciclase.

O FNA também tem uma função de relevo na homeostase. atraves de ações diretas sobre receptores específicos localizados na córtex e medula renais, na zona glomerular adrenal, na aorta, na musculatura dos vasos e no sistema nervoso central. Em portadores de insuficiência cardíaca congestiva, tem sido observado níveis elevados deste fator natural. E com tem atividade natriurética, diuretica e vasodilatadora, cogita-se no emprego exógeno para o tratamento da insuficiência cardíaca.

janaina iachinski

Mensagens : 10
Data de inscrição : 29/07/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hormônio FAN

Mensagem por tayson grassi em Qua Nov 19, 2014 3:21 pm

Este hormônio tem duas funções, a vasoconstrição simultânea da arteríola eferente, e a vasodilatação da arteríola aferente. Com isso, aumenta a produção de urina, e a pressão glomerular, e consequentemente a diminuição da pressão sangüínea.


tayson grassi

Mensagens : 30
Data de inscrição : 26/08/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum